domingo, 29 de março de 2015

Imigração para o Canadá


A primeira coisa que me perguntam quando eu digo que AMO o Canadá... e que escolhi mais uma vez esse país para morar por um tempo é: porque você não imigra e fica por aí?

Primeiro de tudo: eu gosto de viajar e passear... morar, no Brasil ou fora, ter que trabalhar, tem rotina, responsabilidades e pagar conta não é tão fácil assim... mas sim, é o que precisamos fazer da nossa vida ne? Então, acho que por enquanto eu escolho o  Brasil (mas, claro que se aparecer uma oportunidade ao longo da minha vida, eu me mudo sim! Mas, por uma boa oportunidade, claro).

Além disso, existem inúmeros requisitos para preencher nesse tipo de imigração (e eu nem sei também de aguentaria o frio do inverno daqui. Apesar de todo mundo dizer que o frio a gente se acostuma!!!).

Mas como eu sei que o interesse é grande entre as pessoas... afinal o Canadá é o país que mais procura por imigrantes... resolvi dar uma pesquisada e colocar aqui os principais pontos do processo;
Ah, também conheço algumas pessoas que vieram para cá... e que me disseram que as coisas não foram tão fáceis quanto eles imaginava... mas que vale a pena o esforço!


Eles preferem os jovens: pessoas de até 35 anos de idade (que venha trabalhar ou estudar)
IMPORTANTE: para trabalhar no Canadá é preciso ter uma permissão de trabalho. Não seja espertinho e se aventure sem essa permissão. Aqui, quando eles pegam, não perdoam ninguém!

Li também sobre imigração para negócios próprios: a categoria é limitada a agricultores, fazendeiros, atletas, artistas que possam oferecer uma contribuição  cultural. 

Também me disseram que para cidades do interior é sempre mais fácil de entrar. Acho que isso é em qualquer lugar ne?

E por último, o Canadá aceita refugiados também! Acho que no meu caso, seria esse ne rs! Brincadeiras a parte... esse caso é só aplicado se a pessoa comprova que não pode ficar no país.

Vamos lá para o passo a passo:
1. A avaliação primeiro é online
2. Caso a sua avaliação online seja aprovado, imprima o formulário, envie-o com os documentos solicitados e o pagamento exigido para a análise.
3. Se a sua documentação for aprovada, você receberá um certificado. Talvez antes disso você seja convocado para uma entrevista da seleção.
4. Após de ter sido selecionado, entregue o pedido de residência. Depois do pedido analisado o governo emite um visto de residente permanente.


Fonte para mais informações: http://www.canadainternational.gc.ca/brazil-bresil/visas/immigrate-immigrer.aspx?lang=por e http://www.imigracaocanada.com/

Mas lembre-se, morar fora tem suas vantagens e desvantagens. Então, coloque na balança o que vale a pena para você e siga no processo!

#PorUmaVidaSemRotina

Nenhum comentário:

Postar um comentário