quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Entrevista da Semana: entre cores, pessoas e histórias...

Ela é fascinada por linhas e cores. Formada em arquitetura, descobriu o seu grande diferencial e há dois anos decidiu unir um hobby e a sua profissão... "A arte sempre foi um hobby, desde criança, uma espécie de terapia pessoal, através da qual podia colocar no papel tudo aquilo que sentia e absorvia do meu ambiente. Com incentivo de amigos a vontade de fazer arte foi aumentando, mas somente há dois anos atrás decidi inverter as chaves do hobby e profissão. Foi uma época de introspecção e auto conhecimento para ver se era capaz de abrir as gavetas para aquilo que sempre foi muito pessoal."

Hoje a entrevistada da semana é Kalina Juzwiak. Além de uma artista com um talento enorme, também uma viajante de carteirinha!!

Kalina Juzwiak

Nós: Vamos primeiro falar das suas artes na parede!! Traços lindos, delicados... muito especiais mesmo. No caso das ilustrações que você já criou com motivos de viagem, onde busca as inspirações?

Kaju: O vento, as folhas caindo, as cores, a luz e as pessoas. Emoções e diálogos podem ser inspiradores, e muitas vezes são retratados também. Na maioria das  vezes o processo não é tão consciente, possibilitando uma espontaneidade e improviso. No caso das artes que retiraram viagem posso dizer que quando visitei o lugar tudo fica mais fácil. É uma viagem na memória para retratar os lugares. Se não visitei é uma viagem no google que me leva aos lugares e me ajuda a captar essência de cada lugar. Leitura e imagens ajudam e já dão vontade de marcar a próxima viagem.

Kalina Juzwiak
Ilustração de Fernando de Noronha


Nós: Você, como autônoma, deve ter uma rotina muito diferente da que estamos acostumadas naqueles trabalhos onde entramos as 9am e saímos as 6pm. Conte um pouquinho como são os seus dias com o seu trabalho!

Kaju: Ter disciplina e ser responsável são características que fazem parte de mim desde criança. Então, ao optar por trabalhar em casa, não tive grandes problemas com isto. É importante criar uma rotina, embora ela não seja necessária, para ajudar na organização, produção e foco. Levanto por volta das 6h30 ou 7 horas (depende do horário que vou deitar), em seguida tomo um suco verde e me preparo para fazer exercício. Pela manhã, corro três vezes por semana, na academia do prédio mesmo. Em seguida tomo um banho e café da manhã. De segunda-feira resolvo algumas coisas da casa, como lavar roupa e fazer uma limpeza preventiva (tenho uma faxineira apenas uma vez por semana). Sento para trabalhar e vou resolvendo os projetos por ordem de urgência. Claro que em alguns dias esta ordem muda, já que a criatividade não é algo constante. Faço pausas no trabalho apenas para a refeições (almoço e lanche da tarde). Encerro as atividade por volta das 7h30 ou 20 horas, dependendo do ritmo. Na semana separo as terças e quintas para reuniões e atividades na rua, para concentrar as saídas nos mesmos dias e não quebrar o ritmo. De segundas e quartas as atividades encerram um pouco antes, por volta das 17h30, pois vou clube fazer treinamento funcional. De final de semana normalmente viajo, para a praia. O computador e papéis vão sempre junto, pois me dão a flexibilidade de terminar, ou adiantar, alguns projetos. A tarde de domingo é sempre destinada para ir ao mercado e abastecer a geladeira para a semana toda.

Nós: Para voce, qual é a melhor parte de viajar??

Kaju: Viajar desconecta e inspira. Desconectar da realidade é algo necessário para ser abrir para outras pessoas e oportunidades, enxergar a rotina de fora e prever mudanças de hábito. Outras culturas, paisagens e história são inspirações diárias. A primeira coisa que gosto de fazer ao chegar em um lugar é ir ao supermercado. Através deste passeio é possível descobrir muitas coisas como paladar, hábitos alimentares e questões culturais. É uma parada obrigatória! Depois disto gosto de conhecer os lugares à pé. Subo em transportes apenas quando é realmente necessário. Dependendo do destino acho interessante visitar aqueles pontos mais conhecidos, mas normalmente fujo disso para caminhar pelas ruelas para perceber e sentir a vida local. Os cheiros, as caras e as cores, tudo inspira.


Kalina Juzwiak



Nós: Você me contou que começou a escrever sobre um guia para marinheiros de primeira viagem (literalmente). Conta um pouquinho sobre como nasceu esse projeto e quando que pretende colocar ele no ar!

Kaju: Desde pequena tive a oportunidade de conhecer diferentes destinos, sozinha e em família. Por isso, muitos amigos, em algum momento marinheiros de primeira viagem, me pediam dicas. As dicas iam de lugares para conhecer, a meios de transporte, lugares para comer e até o que levar. Comecei a juntar todos estes emails e perceber que podia montar um guia que começa com que mala levar, o que levar e como arrumá-la. Ainda não tenho uma previsão concreta de lançamento, mas a produção gráfica está começando e tenho a vontade de lançá-lo ainda este ano.

Nós: Alguma viagem mudou a sua vida... ou seu jeito de pensar e de ver o mundo?

Kaju: Uma das primeiras viagens que tenho memórias e que fez uma grande diferença foi aos 10 anos de idade. Meus pais deram a oportunidade de minhas irmãs e eu, cada uma ao completar 10 anos, viajar sozinha e ir passar dois meses, com minha avó, no inverno suíço. Meus pais passaram a responsabilidade para uma aeromoça e eu carregava um cartão escrito UM no peito. Durante o vôo de 12 horas sempre havia alguém de olho se eu precisava de algo. No destino a minha avó me buscou e me mostrou como pegar o transporte público e caminhar até a escola. Assisti as aulas durante duas semanas e o restante aproveitei o contato com a neve e com a família e amigos que estavam por lá. Acho que foi o primeiro grito de independência.

Kalina Juzwiak

Nós: Se tivesse que escolher um lugar para morar, qual seria?

Kaju: Tenho o desejo de continuar explorando e sentindo diferentes culturas, mas tenho a vontade de viver em uma cidade como Nova Iorque e, talvéz um dia, construir uma família na Europa, talvez na Suiça ou na França.

Kalina Juzwiak


Nós: Qual é a próxima viagem que está programando?

Kaju: A próxima viagem deve ser ainda este ano, para a Escandinávia onde encontrarei com amigos para um casamento.

Quer conhecer mais sobre a Kalina?
Site: www.kajuink.com
Instagram: @kajuink

Kalina Juzwiak


#PorUmaVidaSemRotina


Nenhum comentário:

Postar um comentário