quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Jamaica – não tão love and peace

 

Bandeira-da-Jamaica
        

De Havana fomos para Kingston, por sinal não tinham vôos diretos, como voamos pela Copa sempre fazíamos conexão no Panamá, que por sinal é um freeshop dos sonhos! O maior que já conheci.
 
164792_183309865027635_4819208_n        Posso dizer que a Jamaica foi minha grande decepção de todas as viagens que já fiz, imaginava aquelas praias paradisíacas, aquele clima totally Bob Marley e não foi bem assim.
        Chegamos no fim do dia e nosso problema começou no local de estadia, sempre fechei tudo pelo hostelboorkers e não existiam hostels em Kingston no site, sai procurando em outros locais e fechei um hostel “x”, no que chegamos lá ficamos chocados, uma casa zuada, nossas camas eram na lavanderia, não tinha água quente, uma galera mtoooooo louca no local, o dono do hostel dava medo e de cara vieram nos vender de tudo que vc imaginar de ilícitos (vale destacar que a maconha não é liberada na Jamaica!), eu e o Rê decidimos ir embora, e fomos para o hotel mais top de Kingston hauhauhauah (boa troca)
162752_483595375793_5225255_n        A cidade é mto feia, como se fosse uma favela gigante, um ar de insegurança constante e no hotel já nos deram diversas recomendações, para tomar cuidado com tudo, ah! A língua oficial é o inglês, mas é quase incompreensível (juro?! Hauahuhua)
        Na manhã seguinte decidimos ir à praia, a mais famosa perto da Capital é Hellshire, pegamos um taxi, cerca de 30min, chegando lá que decepção, feia, lotadaaaaaaaaa, era domingo e os nativos estavam em peso lá, esta praia construíram tipo de uns barracões na areia
, era mto estranho e um clima mto pesado, voltamos ao hotel e ficamos na piscin
a.
        A cidade não é nada turística, o melhor ponto para conhecer lá é o Bob Marley Museum, caríssimo para entrar e não pode tirar fotos dentro, mas vale a ida, conta cada vírgula da vida dele, tem seus objetos pessoais, sai de lá mais fã do Bob do que já era.
166372_183309771694311_8244828_n        Pegamos um ônibus para Ocho Rios, cerca de 2 hrs de bus e atravessamos a ilha, de cara pegamos um taxi com um doido chamado Oliver Dumm e fomos à Reagge Beach. As praias de Ocho Rios são lindas, mas como vínhamos de Cuba com suas praias paradisíacas não ficamos impressionados. Mas valeu o dia de praia e mto álcool!
168017_183309825027639_1617163_n        Por mais incrível que pareça, lá as praias são fechadas, algumas pagamos para entrar, outras são cercadas e fecham no fim do dia, loucura!
        Vimos na net que Ocho Rios tinha um Hard Rock, e eu e o Rê como somos loucos por este lugar fomos correndo. O Hard Rock ia fechar e por isso tudo estava mto barato, compramos tudo oq podíamos.
        No dia seguinte já íamos para República Dominicana, a ida à Jamaica com certeza valeu (afinal adoro dizer que já fui para a terra do Bob hauahuaha), mas acha que vale ir para lá no esquema resort all inclusive, não indico para o mochilão!
Agnes Sacilotto

Nenhum comentário:

Postar um comentário