quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

9/11 Memorial: "No day shall erase you from the memory of time"

IMG_20140730_132500
Era isso o que estava escrito assim que desci a escada em que começava o memorial do dia inesquecível – 11 de setembro.
Esse museu abriu em maio e vale muito a pena ser visitado. Claro que é um pouco triste... e um pouco pesado (e os americanos contribuem com esse sentimento contando o desastre de uma maneira cinematográfica), mas faz parte da historia de NYC... e da nossa historia também né? (quem não se lembra do dia do atentado?).
Antes do museu, tem as fontes e os novos prédios que já estão construindo no local. Será um complexo de 5 prédios e um shopping center. Eu acho que eu não teria coragem de trabalhar por lá rs. Um dos prédios que está construído já tem mais de 1km de altura... é gigante. E promete ser um novo cartão postal para a cidade. As fontes são lindas. Estão no formato da base das duas torres gêmeas e nas bordas tem todos os nomes das pessoas que morreram no dia (aproximadamente 3 mil pessoas).
IMG_20140721_135617
Logo que você entra no museu já encontra vários “restos” de estrutura dos prédios: vigas, paredes, pilares. Aliás, uma das paredes do museu faz parte do que sobrou... nem chegou a ser retirado do local. Além disso a exposição também trás partes do avião que foi encontrado, motor de elevador, carro de bombeiro todo amassado... e tudo real mesmo!
Imagem1
Ainda no saguão principal tem a parte das homenagens e mensagens que os visitantes podem deixar! Você escreve no computador a mensagem que quer deixar, completa com o país e a cidade em que mora... e minutos depois aparece na parede em frente (no mapa projetado). É lindo demais!!!
Imagem2
Andando mais um pouco no saguão principal tem um pilar (que é o último que restou quando estavam “limpando” o local do acidente). E eu, que estava lendo as mensagens e vendo as fotos que estavam pregadas no pilar, comecei a escutar a conversa do meu lado (muito curiosa ne?). Mas isso me deu a oportunidade incrível de conhecer a historia de uma sobrevivente do dia!!! Ouvir o que ela contou foi uma lição de vida!
IMG_20140721_154151
Depoimento: “Era dia de eleição e eu fui logo cedo para o trabalho porque estava cheia de projetos e tinha que arruma-los na minha mesa até a hora do almoço. De repente, vi uma bola de fogo na torre que ficava na frente do meu prédio (a primeira torre atingida), mas não conseguia ver o que era porque o avião bateu do outro lado. Achei que era um incêndio. No mesmo momento não me senti muito bem e resolvi voltar para casa para tomar um remédio (morava há 2 quarteirões do prédio). Avisei meus amigos que estava indo... e que voltava mais tarde. Ah, avisei também que o prédio do lado estava pegando fogo... e que era melhor todo mundo descer (e ninguém me ouviu). Nós trabalhávamos no 39º andar da segunda torre que foi atingida. Quando cheguei em casa meus parentes começaram a me ligar e me perguntar se eu tinha visto os 2 aviões que tinham batido no prédio e eu não fazia ideia do que eles estavam falando! Liguei a TV e vi todas as noticias dos possíveis atentados e que o 2º avião tinha atingido o meu prédio (inclusive o meu andar). A minha casa tinha vista para os 2 prédios... fiquei lá por 1 hora vendo a fumaça e não entendendo muito bem o que estava acontecendo. Até que depois de 1 hora, vi os 2 prédios desabar!”
Foi aí que a minha mãe disse: “Não era seu dia.”. E ela respondeu: “Sim, era meu dia, meu dia de viver!”. Depois disso, aposentada, essa mulher há 10 anos se dedica voluntariamente a todos os projetos para ajudar as famílias das pessoas que morreram no atentado e diz que fica feliz em ver que a vida dos americanos retomou e que o espaço do World Trade Center está se renovando mais uma vez.
IMG_0386
Depois do saguão principal, tem uma exposição de fotos e vídeos sobre o dia (mas infelizmente nessa sala não pode tirar fotos). Mas é muito interessante como eles contam sobre o dia... e sobre o plano dos terroristas. Nas paredes tem o “timeline” de cada avião que colidiu nas torres. Tem também a simulação no computador da rota dos 4 aviões que saíram no dia para a colisão em algum ponto dos EUA. O último, que foi abatido, iria para a Casa Branca. Também tem nas paredes as frases e depoimento da família das pessoas que estavam no avião... e nas torres. As pessoas do avião puderam se comunicar com quem quisesse para se despedir: “Acho que fomos sequestrados e não iremos sobreviver!” (Mensagens desse tipo). Pessoas na 2ª torre antes de ser atacada falando: “Não se preocupe! O acidente foi na torre da frente. Eu trabalho na outra!”(E depois de 10 minutos o avião bateu nessa também).
Enfim... um museu que vale a pena gastar algumas horas... e sentir de perto o que a cidade viveu em 2001!
Quem quiser saber mais e programar uma visita no local: http://www.911memorial.org/
Marcella Romani

Nenhum comentário:

Postar um comentário